Toda vez é a mesma coisa. Seja um serial killer, um vampiro-que-não-brilha, um lobisomem ou um fantasma, o erro das vítimas é sempre o mesmo. Visando aumentar a expectativa de vida dos personagens de filme de terror, traremos aqui algumas dicas para te ajudar, caso você se encontre numa situação dessa – afinal, pode acontecer com qualquer pessoa.


#01- Não vá para o meio do nada

(O Segredo da Cabana, Arraste-me para o Inferno)

Sério. Coisas estranhas tem acontecido, folhas te perseguindo, redemoinhos, vidros sendo quebrados e você vai fazer o que? Vai pro meio do nada. Aí para num posto de gasolina (ou qualquer outro lugar) e encontra um velho com cara de defunto e palavras de profeta e faz o que? Continua indo.

É impressionante como um pouco de caos e sangue pode estimular a libido das pessoas.

Amigo, você merece se ferrar, na boa. Dica 01: sempre ouça os velhotes bêbados de voz grossa. No fundo das suas vozes ecoa um pouco de verdade.

#02- Nunca deixe janelas abertas

(Arraste-me para o Inferno, Premonição I a V)

Assim – tá, questões de segurança. Você já mora numa casa sem muro, no máximo com uma cerquinha que até cachorros pulariam com uma facilidade impressionante, quem dirá ladrões, bandidos, sequestradores, e não me venha com o American Dream, pessoas morrem por aí por muito menos (e com muito mais segurança).

Com a janela aberta, você pode finalmente deixar de dormir sozinho.

Mas agora na boa. Depois de tudo aquilo lá, você insiste em deixar janelinha aberta – vai falar que tá com calor, mané? Só falta ter ido pro meio da floresta, numa cabana de madeira e deixado as janelas abertas – uma clara violação às duas primeiras regras de como se manter vivo numa história de terror. Dica 02: morra afogado no seu próprio suor, mas não deixe a porra da janela aberta.


#03- Não filme, eles são exibicionistas

(Bruxa de Blair, Atividade Paranormal)

Cara, raramente aparecem fantasmas por aí. Quando aparecem, não é todo mundo que consegue vê-los. Deve dar uma puta crise de identidade nesses caras, por isso quando eles percebem que existe uma pequena chance de todo o mundo contemplar a sua glória –meu amigo… A coisa fica feia.

Câmera no quarto e vai falar que era por causa de fantasminha, aham.

Então, cara, não filme – por mais que você queira por no Youtube e ganhar milhões no Adsense, Dica 03: Não filme, nem conte para a ninguém – se não houver público, eles logo vão desanimar. Acho.

#04- Não procure invasores sem antes acender as luzes

(Atividade Paranormal, Sexta Feira 13 –dica da Indiana)

Cara, você não enxerga no escuro. Tá, o invasor (se for humano), também não – mas e se ele não for? Não adianta você estar com um taco de beisebol se você nunca acertou nada além de bolas brancas (e nem todas por sinal), e se você não consegue ver o que deveria atacar. Você vai acabar quebrando sua própria mobília (sempre acontece isso) e se machucando.

Se você ligasse a luz, ao invés de aparecer direto com um taco de baseball, ele ia até te oferecer um gole.

Então, Dica 04: só procure o invasor no escuro se você quiser se machucar sozinho, e tornar as coisas mais fáceis pra ele. Vai saber o objetivo de cada um, né.