Da série ressuscitando poemas antigos do Abigo.

Quando as portas à sua volta se fecham
e você tem uma decisão a tomar:
Escolher aquilo que te incomoda
Ou pôr tudo a perer ao se arriscar?
 

Poderia simplesmente dizer, se encontrasse como
ou apenas me esconder, mas não há lugar
Mas nessa agonia vou viver, não posso escolher
eu ainda tenho muito a perder…
 

E se eu escrevesse pra você, um poema de amor
mas quando lesse, será que você ia entender?
Ou uma música que faz meu coração derreter
será que ainda assim você  ia entender?
 

Terminando essas palavras, temo seu olhar
com que expressão você vai me encarar
Já posso sentir como você vai me reprovar
aquela sensação de que no fim,

Das escolhas

Categoria: Sem categoria
0
92 views

Deixe uma resposta