Eu não quero te mudar.

Tarde demais. Eu mudei por você quando te conheci – eu não trato todo mundo assim; eu mudei meu jeito de conversar pra poder passar mais tempo conversando contigo sem o assunto morrer e sem eu ficar com cara de tacho olhando pro facebook, esperando algo mágico acontecer.

Eu mudei meus gostos musicais, porque algumas bandas me trazem você à cabeça, e elas povoam minhas listas de reprodução mais do que as minhas músicas favoritas – que eu custo a me lembrar quais são.

Eu mudei com as outras pessoas, porque eu só falo de você. Tudo tem a ver com você, tem uma história sua, um detalhe do que a gente passou, o que eu acho que você falaria, um sorriso, uma lembrança de você.

Eu mudei meus planos, porque não fazia sentido ter você só por um tempo, se eu podia ter você pra sempre, e ter o seu sorriso me acompanhando todas as noites – e o seu mau-humor logo pela manhã.

Eu mudei meus planos, porque eu quis ver você todos os dias, e me viciei nisto. Em olhar pra você, em conversar com você, fazer você sorrir e brigar comigo. Em te machucar e pedir desculpas. Em falhar, e ser perdoado.

É, é tarde demais pra não querer me mudar. Sem você, eu não estaria aqui.

Dos motivos que não vai dar certo. (I)

Categoria: Contos de Domingo
1
79 views

1 comment

Deixe uma resposta