(a imagem é meramente ilustrativa)


Hoje é dia de pegar a estrada, de juntar numa mochila tudo que acho que eu vou precisar até o final do mês e me virar com isso. É sair da vida e poder olhar de uma perspectiva de fora. É poder ver o sol nascer em um outro lugar e ver que o mundo é essencialmente o mesmo, mas as pequenas diferenças são gigantescas pra quem é pequeno como eu.

É tentar esquecer o ego e toda a mistura ruim que se formou dentro de mim, lembrar do rumo da minha vida, e traçar o melhor plano para voltar ao justo. Reparar provisoriamente os danos que causei, e dar o tempo necessário pra que tudo volte a circular como já um dia circulou.

Tempo de juntar as emoções pra jogar bola – tocar uma pelada, beber um refrigerante ruim que ninguém há mais de 500km tenha ouvido falar, conversar e entender todas elas,  e quem sabe conseguir compreender meus últimos dias, meus últimos suspiros e os últimos pesares do meu coração.

Hoje é dia de pegar a estrada, de respirar ares novos, lembrar daqueles lugares que já passei, dos sorrisos que eu já dei, das lágrimas que no meio do nada eu já despejei e de quem eu sou e o que raios estou fazendo por aqui.

É hoje.

Hoje

Categoria: Sem categoria
0
78 views

Deixe uma resposta