Surgiu na internet nos últimos dias um vídeo em que um rapaz mostra o que acontece quando uma pessoa grita, às 22 horas, em Estocolmo. Veja por si só:



Botei a cachola pra funcionar e comecei a pensar em como seria se isso acontecesse no Brasil. Bom, o país é grande, e as culturas regionais são bem distintas, então montei um esquema do que aconteceria se alguém gritasse às 22 horas em CINCO capitais brasileiras, segue a lista:

1)      Curitiba

Uma pessoa grita na rua, 22 horas. Mais que silenciosamente, as janelas vão sendo fechadas, luzes são apagadas, portas trancadas e todo mundo entra no Facebook pra ver o que está acontecendo. Três dias depois sai um vídeo “Como se fala em Curitiba” que os personagens comentam de uma alma penada gritando na noite curitibana e atrapalhando na balada.

2)      São Paulo

Uma pessoa grita na rua, 22 horas. O ônibus que passava abafa o barulho, que se mistura com o funk que emerge da estação de metrô através do celular de um maloqueiro da baixada. Nada parece acontecer, até que uma moeda cai, e brotam corinthianos de todos os cantos procurando-a.

3)      Rio de Janeiro

Uma pessoa grita na rua, 22 horas. Na Zona Sul, algumas senhoras passam fazendo cara de desapontamento, com a certeza que era mais um viciado em pedra dando escândalo e tendo alucinações –uma ainda chega a dizer para o porteiro do seu prédio que alguém deveria fazer algo por isso. Ele concorda, sem tirar os fones de ouvido.


4)      Recife

Uma pessoa grita na rua, 22 horas. No Recife Antigo, brotam maracatuzeiros de todos os poros, enchendo a rua e o ambiente com o seu ritmo, enquanto meninas tentam parecer mais descoladas do que são na verdade. Duas quadras dali, o coordenador do flashmob não entende o que aconteceu que começaram a tocar três minutos antes do combinado.

5)      Brasília

Uma pessoa grita na rua, 22 horas. A 40km dali, um assessor para de fazer as malas. O senhor ouviu alguma coisa, deputado? Diante da negativa do parlamentar, continua a encher a mala com os pacotes de notas que estavam na mesa.

O que acontece quando alguém começa a gritar… no Brasil?

Categoria: Sem categoria
0
64 views

Deixe uma resposta