Esse texto é uma tradução de Hello, We need to talk about Friendzone, do Yeti Detective.

Como isso foi existir? Eu sou um cara. Eu entendo. Mulheres podem ser assustadoras. Elas são iguaizinhas seres humanos, mas elas fazem coisas muito estranhas acontecerem entre as pernas. Deve ser bruxaria. Elas são o Gargamel do seja-lá-qual-Smurf-você-tiver-entre-as-pernas.

Tá, na verdade isso tudo é mentira. Mulheres são seres humanos normais, e eu tenho quase certeza que os Smurfs não são um tipo de órgão sexual masculino, apesar daqueles chapéus meio suspeitos. O problema é que quando você dá de cara com uma mulher o seu corpo vai no talo de Breaking Bad e começa a fabricar componentes químicos que, se não te fazem babar, pelo menos  te fazem tentar esconder a barraca que acabou de armar. É assustador, eu sei. Calma.

Antes de eu começar a falar sobre isso, preciso dizer: se você está no Ensino Médio e caiu na friendzone, não é culpa sua ser um idiota. Você tá passando por um bocado de merda agora, o seu corpo tá produzindo mais do que a 4ª temporada de Breaking Bad; quando você é um homem feito, fica mais pro nível da 1ª ou 2ª temporada. Mas vou te dizer uma coisa – ler este texto vai te fazer mais inteligente que seus amigos cabeçudos. PARE de imaginar que as mulheres são forças devastadoras da natureza e comece a vê-las como pessoas que são exatamente como você – exceto por algumas partes que ficam dentro das calças, e em muitas delas, dentro das blusas.


Se você já é um homem (leia-se: se tem 19 anos ou mais) e acaba caindo na friendzone, as próximas palavras são pra você, friendzoned:

Pare-com-isso. Como que isso acontece? De onde veio a friendzone? É algo meio assim:

1-     Você se sente atraído por uma mulher;

2-     Você é amigável com ela, na esperança que ela te mostre os seios;

3-     Ela confunde a sua amigabilidade e POMBAS, vira sua amiga, se negando a mostrar os seios pra você;

4-     Você age como um retardado grosso filho da mãe, colocando-se sempre fora do círculo de pessoas que ela poderia vir a mostrar os seios um dia;

5-     Você reclama sobre isso na internet, e 1000 outros caras desajustados entendem o que você está passando, e a sua misoginia é aprovada pela sociedade.

(fala sério, tem gente que merece)

Esse vai ser o nosso Cenário 01 porque existe uma outra possibilidade de acontecer a friendzone. O próximo vai ser chamado de (claro) Cenário 02 (esse primeiro já te dedurou, amiguinho? Seguraí, porque eu sou o mestre Jedi no seu treinamento para deixar de ser um idiota):

1-      Você se sente atraído por uma mulher;

2-      Você se torna amigo dela de uma forma passivo-agressiva somos nós contra o mundo ou algo do tipo;

3-      Ela te tolera porque é legal demais pra mandar você ir pra senhora sua respeitável mãe;

4-      Ela namora um cara que na verdade é até interessante, e veja só –tem uma personalidade;

5-      Eles, por algum fato da vida, terminam, e ela fica machucada;

6-      Você oferece o seu ombro pra ela chorar;

7-      Ela chora no seu ombro;

8-      Ela conhece outro cara interessante, e namora com ele;

9-      Você fica Como-assim-essa-vadia-fez-isso-comigo e vai tirar satisfações com ela;

10-   E ela reage com algo como “Eu achei que fôssemos amigos, seu cretino”

11-   Você conta pra internet que caiu na friendzone.

12-   A internet aprova sua misoginia.

E aí, o que há de errado? Você é um cara legal, né? Porque essas fdps não mostram os peitos pra você? Provavelmente porque… você é um cara legal. Você tinha que ser igual os idiotas que elas pegaram, que tinham outros interesses além de fingir ser amiguinho delas pra tentar tirar a roupa delas depois. Bom, boas notícias: Você JÁ É um idiota!

Pensa aqui comigo: imagine que eu, por um momento, seja um homem incrivelmente lindo, gentil, e esse mesmo eu, estivesse andando na beleza da minha santidade na rua, logo na sua frente. Eis que quando entro no banco, seguro a porta para você também poder entrar – olha como eu sou legal. Talvez você vire, como a pessoa educada que você é, e me diga “Obrigado cara. Isso foi realmente legal”.

E aí eu te responderia: “É, verdade. Agora você sabe o que fazer, né?” E abaixo minhas calças.

Quem ia se dar bem nessa história é esse cara aí

Você se sentiria desconfortável? Seria detestável viver num mundo em que toda vez que um cara fosse gentil com você, ele esperasse que você o satisfizesse sexualmente, né? REALIZA – isso é desconfortável para as mulheres também. Estranho, né? É como se elas fossem… o mesmo tipo de pessoas que você. EITA!

Não, na verdade não tem nada de estranho, ou surpreendente. Na verdade, as mulheres são mesmo o mesmo tipo de pessoa que você, e ter pessoas abaixando as calças em volta delas é tão assustador pra elas quanto é pra você. Então pare. Pare de abaixar as calças toda hora.

Essa é a verdade inconveniente, friendzoned. Você não é um cara legal. Você é um egoísta, patético, triste, tarado verme insignificante que tem tanto medo da rejeição feminina de dizer o que sente, que prefere ficar calado e se revolta quando ela não adivinha os seus desejos e não os satisfaz magicamente. Essa raiva que você sente, na verdade, nada mais é do que o desgosto que você sente pela sua própria covardia. Você acha que conseguirá sexo ao fingir que é amigo de mulheres porque elas são apenas um objeto sexual pra você. Para você, não existe uma coisa do tipo amizade sem interesses sexuais, porque pra você, elas não são pessoas de verdade.

E ela não pensa em namorar com você porque o seu medo te faz parecer uma pessoa desinteressante, ou sem nenhuma vontade desafiadora – ou porque a sua esquisitice é latente e bom, amedrontadora. Não, cara, não é estranho que elas não namorem com você.

Como você pode parar de ser tão idiota? Bom, eu sugiro que você tente fazer amizade com uma mulher. Tá, você vai precisar de uma mulher que consiga aguentar muita merda, porque é tudo que você tem a oferecer nesse primeiro estágio. Ela provavelmente terá que ser casada há muito tempo, ou já ter filhos. Invista seu tempo e energia nessa amizade SEM pensar nas várias formas e posições que você gostaria de fazer.

Uma vez que você tenha entendido que essa sua nova amiga tem pensamentos, sentimentos, esperanças sonhos E seios, olhe à sua volta. Olhe para o mundo à sua volta. Olhe para todas aquelas pessoas que tem seios. Elas são exatamente como sua amiga, e também tem pensamentos, sonhos, desejos e sentimentos. Até aquelas que você quer transar. Não é mágico isso?

Esse é meu último conselho, friendzoned. Pessoas (tanto homens como mulheres) são complexas, criaturas emocionais e quase todas são carentes. Se você for honesto consigo mesmo e honesto com elas, você poderá formar conexões de confiança com uma larga rede de humanos. Essa rede de humanos é chamada de amizade. E você estará em várias zonas de amizade (friend-zones). E você se tornará uma pessoa melhor. E alguém vai querer namorar (e até transar) com você. Confie em mim.

Olá, vamos falar sobre friendzone?

Categoria: Opinião
0
128 views

Deixe uma resposta